Fit cultural e mindset inovador, uma dupla dinâmica no trabalho

Por Equipe ACE - 08 May 2019, 23:09
Fit cultural e mindset inovador, uma dupla dinâmica no trabalho

Em um texto anterior, abordamos a importância do recrutamento de intraempreendedores e os melhores métodos de contratação que acertem no fit cultural da empresa. Mas o que esses colaboradores com mindset inovador e fit cultural podem influenciar na produtividade e no quesito inovação da empresa?

Basicamente, o fit cultural é relacionado ao quanto empresa e colaborador estão conectados em termos de valores – por exemplo, a metodologia de trabalho propagada pela liderança. Caso haja uma sinergia nessa questão, os resultados tendem a ser positivos tanto para o colaborador quanto para a empresa.

Isso não significa, no entanto, que o colaborador seja alguém acomodado com a situação da empresa. Já citamos a importância do ‘troublemaker; que está insatisfeito com os problemas e quer resolvê-los, mesmo que o desafio seja grande.

Ele se encaixa no perfil de intraempreendedor, alguém com mindset inovador. Cabe à liderança encontrar um lugar para colocar esse colaborador e o testar em projetos práticos, de olho nos potenciais ganhos.

“O colaborador ‘inquieto’ ganha porque vai ter a oportunidade de trabalhar algo novo. Ganha a empresa por captar dos colaboradores as ideias e os problemas que os líderes muitas vezes não estão vendo. E é um ganho do ponto de vista de business, porque a partir desses programas podem sair novos produtos e soluções para as empresas“, ressalta Fernanda Aidar, Innovation Product Manager da ACE.

5 ganhos do fit cultural

Em um artigo do especialista em marketing digital Jeffrey Fermin, a Entrepeneur lista cinco itens a serem avaliados para acertar na contratação de alguém com o fit cultural da empresa. Essas características já mostram quais serão os ganhos no recrutamento desse perfil:

1 – Inovação: Um novo colaborador com fit cultural chegará à empresa com o potencial de implementar novas ideias de uma maneira “não-invasiva e construtiva”;

2 – Boa comunicação: A contratação adequada fará com que a comunicação na sua empresa ocorra de forma “suave“, segundo a Entrepeneur, independentemente de como ele atingirá esse objetivo;

3 – Diversidade: Um tema que já abordamos e que também foi lembrado por Jeffrey Fermin. Ele enfatiza que uma equipe com essa característica cria produtos, agiliza processos e resolve problemas “em tempo recorde”.  

4 – Transições suaves: Essa característica pode soar estranha, mas tem lógica. O novo colaborador que tem o fit cultural torna as transições mais tranquilas, sem esforços. “Ele aprende rápido, está pronto para ouvir e é fácil de se relacionar no dia a dia”, diz Fermin.

5 – Treinamento: Se ele tem o fit cultural, poderá, no futuro, treinar facilmente outros colaboradores. Em pouco tempo, ele será um membro fundamental para a consolidação da cultura organizacional da empresa.

Resolução de problemas: o centro de tudo

E quando falamos em mindset inovador, há uma definição tão simples quanto essencial, e que já citamos anteriormente: o colaborador com essa mentalidade está focado na solução de problemas dos clientes. E esse é o principal ganho da empresa com sua contratação.

“O mindset inovador favorece que os colaboradores trabalhem para resolver problemas complexos e aproveitar oportunidades reais com foco no cliente, e não trabalhar apenas para cumprir processos e cronogramas”, ressalta Fernanda Aidar.

Ao comentar o perfil dos intraempreendedores, a especialista da ACE lembra também que, ao encontrar esses talentos, é importante que a empresa faça de tudo para retê-los.

“Essas são as pessoas que saem primeiro da empresa. É importante que eles sejam retidos e desenvolvidos nos projetos práticos. Eles ajudam a captar as ideias dos colaboradores – que às vezes estão mais próximos dos clientes – e isso contribui para a resolução de problemas”, explica Fernanda.

Por: Equipe ACE

Posts relacionados

Assine a Growthaholics

E receba as melhores dicas para a sua empresa crescer.