Como se tornar um Investidor Anjo?

Por Mariana Pedrone - 12 Mar 2020, 07:39
Como se tornar um Investidor Anjo?

Em um cenário de taxa juros baixos no Brasil, o que incentiva investidores a diversificarem seu portfólio e a buscarem oportunidade de riscos mais elevados, o dinheiro acaba por se tornar uma “commodity”. Do outro lado, o empreendedor que busca investimento e necessita de aportes para as expansão (ou sobrevivência?) de sua startup.

Do encontro das duas partes é aquilo que podemos falar que deu match. E assim surge um Investidor Anjo.

Qual o papel do Investidor Anjo?

Eles têm um papel fundamental na jornada de uma startup. Além do aporte financeiro, ele cede seu nome e todo o seu conhecimento adquirido ao longo de sua vida. Muitos já foram ou são empreendedores natos e têm um profundo conhecimento de mercado ou de algum setor específico.

Seu background e know-how abrem muitas portas. Diferentemente de um fundo, os Investidores Anjo criam laços e uma grande proximidade e empatia com os investidos, podendo assumir um papel de mentor auxiliando a resolver as mais diversas questões na vida do empreendedor e da startup. Existe um interesse genuíno pelo negócio, uma vontade de ser bem sucedido e atingir o set up inicial.

Como posso me tornar um Investidor Anjo?

A parcela de Anjos no Brasil ainda é pequena, mas vêm ganhado mais representatividade ultimamente.

Para iniciar nesta jornada é preciso planejamento, principalmente de recursos. Aconselha-se a alocar de 5% a 10% do seu capital  em investimentos. Ter em mente que o retorno requer tempo e paciência é essencial. Não se pode ter pressa.

Mas por onde começar?

Existem diversos clubes de investimento, crowd funding (que são opções bem interessantes para quem quer iniciar, mas ainda não possui muito recurso) e sempre existe a opção de se juntar a conhecidos e amigos que já investem em startups. Além da segurança de estar entre conhecidos, pode se adquirir muita experiência e vivência nos processos.

Tire todas as suas dúvidas escutando nosso debate no podcast. Aperte o play!

 

Por: Mariana Pedrone

Posts relacionados

Assine a Growthaholics

E receba as melhores dicas para a sua empresa crescer.