O que as empresas inovadoras têm em comum?

Por Mariana Pedrone - 06 Feb 2020, 07:35
O que as empresas inovadoras têm em comum?

Você já deve ter parado para pensar sobre empresas inovadoras. Mas o que elas têm em comum? Piscina de bolinha? Escorregador? Espaço de video-game? Nada disso. 

Para uma empresa conseguir inovar, é necessário muito mais do que apenas um espaço físico bonito (já falamos disso por aqui).

>Leia: Espaço físico ajuda a inovar?

Inovação é um processo que atinge pessoas, comportamentos e mindset.

Os Princípios da Inovação

Existem 6 princípios que guiam a jornada de inovação, são eles:

  • Design Organizacional;
  • Gestão Ágil;
  • Pensar como Investidor;
  • Mate o seu Negócio;
  • Trabalhe com Parceiros;
  • Cliente no Centro da Equação;

Como identificar empresas inovadoras

Podemos dizer que uma empresa que tem inovação como negócio principal, está sempre pensando no cliente. Isso implica em pensar e repensar formas de atender sempre melhor, de antecipar suas vontades e desejos e, principalmente, de entregar valor. Uma empresa que busca entregar valor, está sempre em movimento, e até arriscamos dizer que não tem medo de matar o seu próprio negócio em prol da inovação.

Empresas inovadoras executam esse processo ao longo de suas vidas, portanto, nunca terão apenas um ou dois projetos. Inovar é a sua razão de ser. Só assim, elas irão conseguir se manter no mercado, evitando ou postergando sua fase de declínio. 

Mas nem todo mundo inova

Por outro lado, quando falamos em empresas que não têm a cultura de inovação, sempre podemos observar duas características que se sobressaem: um forte ego e desânimo. Estas, já não acreditam no potencial do seu mercado, por isso não se animam mais com novas possibilidades. O ego se mostra quando projetos de inovação vêm simplesmente para cumprir um papel social, o famoso “todo mundo fez, vamos fazer também”. A área de inovação é uma parte isolada da empresa, e resultados tangíveis nunca são mencionados.

Sabemos que a cultura da inovação não é algo que se implanta da noite para o dia. É um processo que demanda tempo, dedicação e comprometimento de todos os envolvidos, mas que no fim, vale a pena pois, os benefícios adquiridos superam tudo isso.

Entenda mais sobre o tema, ouvindo nosso podcast.

Por: Mariana Pedrone

Posts relacionados

Assine a Growthaholics

E receba as melhores dicas para a sua empresa crescer.