por Maytê Carvalho

O SXSW  é um conjunto de festivais de cinema, música e tecnologia que acontece toda primavera em Austin, Texas, Estados Unidos. Conhecido por reunir expoentes da tecnologia, política e artes em geral (este ano teve palestra surpresa com Elon Musk, Arnold Schwarzenegger, Melinda Gates e Bozoma Saint John) o festival também promove a troca de aprendizado entre competências diferentes das abordagens mais técnicas do mundo dos negócios, como Música e Cinema.

Eu, Maytê Carvalho, acelerada pela ACE e CEO e founder da b.pass – seu assistente pessoal de beleza, fui convidada para fazer um pitch da minha empresa na Categoria Early stage e também apresentada como case de humanização no atendimento automatizado de bots.

>> Leia também: O mundo vai parar e você não pode descer. Como encarar os avanços tecnológicos?

Humanização da tecnologia, inclusive, deu o tom do festival: aqui no SXSW a sensação é de que todos já amadureceram o deslumbre com a automação de tarefas pelas máquinas e  as conversas são mais filosóficas, tratam ética e moral tech e o quanto o ser humano é indispensável para manter boas relações entre empresa – cliente.

As lições de empreendedorismo que tirei do SXSW

Entre músicos, cineastas, empreendedores de tecnologia, atores e atrizes, aqui estão os cinco principais aprendizados que trago comigo do festival para crescer a minha startup:

  1. ATENDA TODAS AS PONTAS DA CADEIA

    por TIM O´REILLY, futurólogo e criador da expressão web 2.0

“O segredo do crescimento de empresas como Lyft e Uber é usar a tecnologia para ampliar as conexões e a capacidade de trabalho das pessoas. Estamos observando o surgimento de novas formas de cooperação entre pessoas e máquinas”, afirmou. “Para que esse modelo funcione, as empresas precisam se enxergar como marketplaces que atendem todas as pontas da cadeia. Se preocupar apenas com o lucro se tornou algo perigoso até mesmo para a própria sobrevivência de um negócio.”

  1. TENHA EMPATIA, EMPATIA E EMPATIA COM A SUA PERSONA

    por BOZOMA ST JOHN, diretora de marketing da UBER

Bozoma leva isso a sério e, desde seu terceiro mês na empresa, é motorista da Uber. E eu não estou falando de canvas de empatia somente, mas sim de validação one to one: é importante fazer perguntas e ouvir, mas nada substitui a vivência quando o assunto é entender sua persona.

elon musk no sxsw

  1. TESTE SUA HIPÓTESE ATÉ TER ÊXITO E ATÉ LÁ COLECIONE APRENDIZADOS

    por ELON MUSK

Durante a validação de uma hipótese é comum nos frustramos quando as iniciativas falham – e se isso aconteceu até pro Elon Musk, imagina para nós: “Os primeiros três lançamentos da SpaceX falharam. Se o quarto lançamento tivesse fracassado, nós estaríamos mortos”. Ele disse que precisou emprestar dinheiro dos amigos no começo da SpaceX, ou a empresa aeroespacial não teria sobrevivido.

  1. ATUALIZE-SE

    por JOSEPH LUBIN, co-fundador da Ethereum

“Blockchain é como se o mundo estivesse fazendo um upgrade na internet.” Basta dar uma olhada em alguns dos títulos dos painéis e conferências do SXSW sobre o assunto: Transformando a cadeia mundial de fornecimento de alimentos; Oportunidades da blockchain na cadeia da mobilidade e da logística; Blockchain para refugiados; Blockchain e liberdades civis; Os efeitos da blockchain no mercado da música; Como a Blockchain pode resolver a crise no setor de saúde; Contratos Inteligências: Será que vamos nos ver livres dos advogados? e muito mais.

Se blockchain ou criptomoedas vieram para ficar, o tempo irá dizer, mas os nossos amigos lá fora estão bastante empenhados em se atualizarem para a nova tecnologia.

  1. EXPONHA SEU PITCH SEMPRE QUE POSSÍVEL

Quanto mais você fizer seu pitch para audiências diferentes, mais enriquecedora se torna a sua própria narrativa e visão sobre o seu negócio. Visões de mundo diferentes somam. Confesso que fiquei um pouco eufórica e ao mesmo tempo nervosa em expor a b.pass para uma plateia tão qualificada e ainda mais em fazer o pitch em inglês, mas no final do dia os inputs que recebi foram valiosíssimos e as interpretações muito diferentes do que eu estava acostumada. Sempre que houver uma oportunidade, não tenha medo: se exponha e arrisque!

Sobre a autora
Maytê Carvalo é CEO e fundadora da b.pass, empresa integrante do portfólio da ACE

TAGS: , , , , ,