O Growth Summit BR está chegando, e Geraldo Rufino, fundador da JR Diesel, a maior desmontadora de veículos da América Latina, quer que as startups saibam algumas coisas sobre empreendedorismo.

A convite da ACE e da Bossa Nova Investimentos, Rufino vai ministrar a palestra “Como crescer mantendo o plano A”. Mas não espere uma apresentação tradicional do empresário no próximo dia 10 de abril, em São Paulo.

QUERO MEU INGRESSO

No bate-papo, Rufino, que começou a trabalhar aos 9 anos, espera dar um “choque de realidade” nos jovens que estão começando.

Não sou expert, não sou especialista e também não sou formado em nada, mas acho que posso falar com os jovens um pouco sobre vida real. Geraldo Rufino, fundador da JR Diesel

A pedido do blog da ACE, Rufino adiantou três conselhos que ele esperar compartilhar com os frequentadores do evento:

“Startups são um negócio como qualquer outro”

Rufino acredita que não existem grandes diferenças entre as empresas tradicionais e as startups. Para ele, descomplicar a tecnologia é um passo essencial para que os empreendedores tenham sucesso.

Antigamente se você vendia sanduíche, você era um comerciante. Hoje se você vende sanduíche pela internet você é uma startup. Meu conselho para todo mundo que está começando é que é preciso voltar para a simplicidade, aceitando que o mundo evoluiu e que ele precisa de tecnologia. Startups são um negócio como qualquer outro. A diferença é que hoje o mundo tem mais tecnologia, tem mais informação e mudaram até o nome do que seria simples. Era um boteco, agora é um boteco com tecnologia. Não complica.Geraldo Rufino, fundador da JR Diesel

“Vende seu carro, vende seu cachorro e começa”

Entusiasta do positivismo, Rufino afirma que o pensamento de um empreendedor tem que ir além das ideias. Para ele, o que falta para que as startups brasileiras sejam mais competitivas é a ousadia de começar, mesmo sem receber investimentos.

O cara faz uma startup, tem uma ideia, mas aí ele acha que é brilhante e agora alguém tem que dar dinheiro. Se você acredita tanto assim na sua ideia, vende seu carro, vende seu cachorro e começa. Quando você já tem tudo na prática, mesmo que algo pequeno, aí você tem o que apresentar. E se for bom mesmo, todo mundo vai se encantar e vai querer participar. É muito complicado fazer alguém investir em uma ideia. Ideia todos nós temos todos os dias.Geraldo Rufino, fundador da JR Diesel

QUERO MEU INGRESSO

“Se eu tivesse vendido, não teria saído do lugar”

Outro grande ensinamento que a trajetória de 50 anos de empreendedorismo de Rufino deixou é a persistência. Para o ex-catador de latas, “falta paixão” aos jovens empreendedores do país e por isso eles sonham em ser comprados antes mesmo de darem certo.

Se você está criando um negócio pensando em vender já começa errado. Está faltando paixão. O que faz o negócio subir e explodir é a paixão.  Se você pensa em crescer para ver se alguém te compra, provavelmente vai morrer na praia. A JR Diesel teve propostas de compras e ficamos até assanhados. Se eu tivesse vendido, eu não teria saído do lugar. Hoje as pessoas falam: sua empresa vale 9 dígitos, e isso é ótimo, mas se eu tivesse vendido lá atrás ela não estaria valendo nem meio.Geraldo Rufino, fundador da JR Diesel

Veja os conselhor de Rufino de perto

Quer ouvir a palestra inteira de Geraldo Rufino e saber mais sobre como a JR Diesel revolucionou o mercado de desmontagem de veículos no Brasil? Compre já o seu ingresso para o Growth Summit BR.Growth Summit BR


TAGS: , ,