O valuation de uma Startup pode seguir caminhos variados, inclusive dependendo dos interesses dos envolvidos na negociação – tanto empreendedores quanto investidores -, como vimos neste post aqui.

Porém, ainda há outros fatores que também podem ser de grande influência nesse momento. Listamos abaixo:

1 – As “Regras de ouro” do Stage investing

Imagem retirada de “Enteendendo o processo de Fundrasing para Startups” 

Dentro desses estágios, alguns dos principais fatores para as Startups são:

  • Necessidade de capital
  • Captable e diluição
  • Performance recente como evolução do produto e crescimento mensal (Product-Market-Fit)

2 – O Valuation da última rodada e a evolução desde então

O valuation da rodada atual representará um marco para o valuation da próxima rodada. Junto a isso, a avaliação do investidor levará em conta a evolução da empresa desde então, o que foi feito com os recursos e quais os resultados alcançados.

3 – Competição para investir na sua Startup

Normalmente, quanto mais investidores na sua rodada, maior o tamanho do investimento e, portanto, maior o valuation para alocar todos investidores.

Exemplo: Neon recebe o maior investimento Series A do Brasil com 6 fundos VC na rodada.

Ainda, apenas tendo um term-sheet, a Startup já terá a base do valuation para negociações. Assim, se existirem outros investidores na jogada, terão que cobrir a oferta para competir pelo investimento.

Importante: não faça leilão. O que você pode fazer é, depois de receber um term-sheet de um investidor, pedir, gentilmente, ao investidor que você mais gostaria para que ele faça uma proposta.

4 – Capacidade do time de liderança

Tanto o  histórico do time, como a experiência e o sucesso do empreendedor, pode reduzir bastante o risco e aumentar o valuation.

Exemplo: Yellow recebe rodada Seed de US$ 9 milhões da Monashees e fundo Russo.

5 – O tamanho e a atratividade do mercado

O tamanho potencial do seu mercado diz muito sobre o potencial do seu negócio. E pode, por exemplo, atrair maior demanda por investimento dos fundos nesses mercados.

>> Leia mais: quanto vale a sua empresa?

6 – Ponto de entrada do investidor

Em alguns momentos, o investidor pode forçar a negociação do valuation para baixo. Caso, por exemplo, se o fundo tiver um limite de “valor máximo de valuation de entrada”. Ou forçar para cima, quando o fundo teria alguma demanda interna ou interesse estratégico que o fragilize na negociação.

7 – Finanças e métricas acima do benchmarks

Os principais métodos de avaliação de valuation levam em conta a referenciação das métricas da Startups do mercado. É necessário, portanto, ficar de olho nos benchmarks que, porventura, poderão elevar o valuation.

Considerações finais

No final do dia, um super produto, um super time ou um grande TAM ainda podem trazer alguma subjetividade na análise de valuation. Com isso, o investidor buscará métricas para referenciar a análise e a métrica mais utilizada é a receita e o histórico recente de crescimento.

Neste sentido, como visto, muitos utilizam receita ou métricas operacionais como referência para valuation. Portanto, a forma mais assertiva de aumentar o valuation da sua Startups é aumentar as vendas e ter uma alta taxa de crescimento. Na hora de discutir o valuation é bom estar preparado com bons argumentos para defender ou referenciar o valuation da sua Startup


TAGS: , ,