As transformações digitais nos últimos tempos confirmaram a importância do mercado de TI. E com elas, as demandas de empresas por programadores cresceram. Organizações que não se adaptarem à nova era podem ter grandes prejuízos.

>> Veja mais: Como os squads ajudam a levar uma grande empresa ao próximo nível
>> Conheça a página de vagas de trabalho nas startups da ACE

Tendo em vista todos os problemas enfrentados pelos profissionais de RH, as plataformas digitais de recrutamento prometem facilitar a vida de recrutadores. O RH 3.0 é um tema de extrema importância. Além disso, contratar um desenvolvedor é mais difícil, por isso apresentarei um guia de como entrevistar o programador.

Recursos Humanos

A área de recursos humanos enfrenta diversas dificuldades na hora de contratar novos funcionários. O grande número de candidatos desalinhados com os requisitos da vaga causa perda de tempo e dores de cabeça para os profissionais de RH.

>> Veja também: ACE e Natura repensam seleção de talentos
>> Leia também: Gestão humana na área comercial

O HR Tech (RH 3.0) é a evolução do modelo tradicional de recursos humanos. Tal modelo garante agilidade para os profissionais de RH e uma taxa de sucesso maior. Plataformas onlines, testes de habilidades, fluxo de candidatos, tudo de maneira digital, asseguram candidatos mais alinhados com a demanda da empresa.

Um dos mercados mais favorecidos com essa evolução foi o da programação. Contratar programadores em especial é muito mais difícil, pois cada um possui sua finalidade e linguagem técnica específica.

Mercado de TI

O mercado de TI (Tecnologia da Informação) está em constante evolução e é um dos menos atingidos pela crise dos últimos tempos. O número de profissionais cresce a cada dia, portanto é muito importante que sua vaga seja atraente para chamar atenção do programador.

>> Veja também: Os principais aprendizados da N2B ao longo da aceleração
>> Baixe agora um guia exclusivo para construir produtos viciantes

Um dos fatores levado em conta é o salário. Cada linguagem possuí uma média salarial diferente que pode variar de acordo com o nível de experiência do profissional (júnior, pleno ou sênior). Por exemplo, um desenvolvedor Java júnior – umas das linguagens de programação mais solicitada hoje em dia – ganha, em média, R$ 2.640 por mês.

contratar-desenvolvedor

Como contratar um desenvolvedor

É muito importante estudar esse ramo antes de entrevistar um desenvolvedor.  Tenha em mente que, para ser um profissional nesse mercado não é necessário ter um curso superior. Leve em consideração os conhecimentos do profissional, experiências e projetos individuais.

Por ser um nicho bastante peculiar, separei alguns aspectos  importantes nas três fases das entrevistas de emprego – antes, durante e depois da entrevista.

Antes da entrevista

Programadores gostam de estar preparados para a entrevista, por isso avise com antecedência o candidato sobre informações básicas, como data, horário e local.  Apresente a descrição da vaga antes, principalmente em relação ao salário.  Não deixe que programadores criem expectativas sobre o emprego e se frustrem no meio da entrevista. Dessa maneira, você economizará tempo, pois essas informações realizarão filtros de candidatos por si só.

Durante a entrevista

Seja pontual e organizado.  Mostre o time e faça um tour pelo espaço de trabalho.  Esses dois pontos despertarão o interesse do candidato pela empresa e pode contar muito na decisão de seguir com o processo seletivo. Caso você tenha que entrevistar muitos candidatos, crie uma equipe. Não faça tudo sozinho, pois isso pode virar uma bola de neve.

Depois da entrevista

Faça um feedback logo após o fim da entrevista.  Dê a resposta a curto prazo.  Ninguém gosta de ficar esperando a resposta de um processo seletivo por semanas.

Caminhos para entrevistar um desenvolvedor

Há diversos caminhos para entrevistar um programador, mas não fique só nas perguntas e respostas. Faça um teste de codificação, isso pode ser feito em uma videoconferência com outros candidatos, em um quadro branco ou até mesmo enviado por e-mail com um prazo de entrega.

Perguntas essenciais

Há espaço para perguntas mais gerais, porém, não deixe de realizar questionamentos técnicos. Por exemplo, peça ao candidato apresentar o último projeto desenvolvido, faça perguntas básicas sobre programação.

Dessa maneira, o uso de plataforma digitais, as quais se encaixam no RH 3.0, podem ser a solução na hora de contratar um desenvolvedor para sua empresa.


TAGS: , ,