Por que um endomarketing bem feito é uma vantagem competitiva?

Por Yolanda Ignacio - 17 Jan 2019, 08:38
Por que um endomarketing bem feito é uma vantagem competitiva?

Muito antes de ter ouvido falar na palavra endomarketing, já me interessava pelo assunto. Me lembro que, desde que iniciei minha vida profissional, eu sempre me perguntei sobre as ações que a empresa faz para seus colaboradores. “De onde eles tiram essas ideias?”, “Qual o objetivo de criar atividades diferentes e programas únicos?”. Seria incentivo? Engajamento?

Foi então que eu me inseri em algumas culturas organizacionais onde comecei a entender melhor o conceitos destas ações internas – e descobri que esse conjunto de ações era chamado de Endomarketing!

>> Leia também: Seus clientes na defesa da disrupção
>> Veja mais: A ferramenta de produtividade utilizada pelo time da ACE

Dentro deste conceito é possível identificar alguns pontos chave para aplicarmos em uma organização, e com o objetivo comum de conseguir fidelização de seus clientes e sucesso em seu negócio como um todo.

Hoje, procurei trazer para o blog algumas destas ideias, e ações valiosas que vivenciei ao longo dos anos para o uso do endomarketing como uma vantagem competitiva.

O conceito de endomarketing

 ENDOMARKETING NÃO É SÓ REALIZAR FESTAS, PREMIAR NO FINAL DO ANO E PARABENIZAR QUANDO NECESSÁRIO? NÃO. NÃO MESMO! 

Endomarketing é ferramenta de gestão!

Ele deve estar inserido no todo, e não ser usado apenas para momentos de necessidade de incentivo. A organização não deve esperar um momento pontual para parabenizar e elogiar o trabalho de um de seus colaboradores. A ação deve ser contínua, no dia a dia.

O endomarketing é uma das armas mais eficientes para um dos grandes problemas enfrentados por qualquer empresa (em especial, startups): o turnover. Ações que trabalham com os valores da companhia de forma constante, criam relações mais sólidas entre colaborador e organização.

endomarketing_sala nova

Na inauguração da nova casa da ACE, membros do time foram homenageados com os nomes das salas

A partir delas, o funcionário identifica melhor onde está e entende que está inserido em um local com códigos que se aproximam dos seus. Para que funcione, o endomarketing deve sempre buscar uma abordagem colaborativa e que trate o funcionário como peça chave na construção de todo seu objetivo final como visão da empresa – sendo ela a fidelização de seus clientes, aumento de consumidores, entre outros.

>> Leia também: Para o fundador da Dr. Consulta, gente é papel do CEO e não do RH

As ações de endomarketing não devem ser sempre grandiosas. Este é, aliás, o grande segredo de sua aplicação.  Uma vez que pequenos atos ocorram diariamente, existe uma conquista imediata entre as equipes, entre líderes e liderados.  Isso gera incentivo, e então você pode escolher recompensar um de seus colaboradores em um momento mais único, como uma celebração no final de ano por exemplo.

Uma estratégia de comunicação interna valiosa

Endomarketing, além de um conjunto de estratégias para criar ações internas, é também sinônimo de comunicação. É propagar aquilo que foi construído para ser o grande código de sua empresa, a cultura inserida.

Se torna uma estratégia valiosa quando aprendemos que a comunicação deve ser clara e traçada em conjunto com todos os valores de sua organização.

A partir dessa estratégia, é criada uma relação muito forte com a cultura organizacional. Mais do que isso, ações de endomarketing conseguem unir os valores de todo o time com os valores que sua empresa possui. Quando comunicamos o reconhecimento com base em um valor, criamos uma onda que conecta estes dois pontos com inteligência e sutileza.

 O grande propulsor em uma organização é a ação que a mesma toma diante de seu time, isso enriquece e consolida a cultura organizacional. 
endomarketing_cultura coporativa

O ACE Code, como são conhecidos os valores da ACE, é uma importante forma de manter o time unido em torno dos mesmos princípios

Cuide de seus colaboradores, para que eles cuidem de seus clientes

Quando buscamos atingir os melhores resultados, muitas vezes nossa estratégia é criar uma jornada para o consumidor final. Atrelar nossos esforços e energias quase que integralmente para este ponto. Mas nem sempre olhar direto para o cliente vai gerar o impacto necessário para o sucesso de um bom negócio.

>> Leia também: Você conhece a jornada do seu consumidor?

Precisamos criar uma essência!

A nossa essência caminha primeiro entre nós mesmos, entre nossos funcionários. É uma matemática muito simples: se nós buscamos mudar a vida de nossos clientes finais, se temos como objetivo impactar fortemente nossos consumidores, nós precisamos começar mudando a vida de nossos colaboradores.

Nossa maior estratégia sempre será pessoas, gente, ser humano.

Um dos mais valiosos meios de destaque entre corporações, é o poder que sua empresa tem de criar um vínculo valioso entre a sua cultura organizacional e seus funcionários. Esta relação, se bem conduzida e bem aplicada, traz não só o objetivo final que é o consumidor ou o cliente fidelizado, mas sim a relação interna de maneira enriquecedora.

E qual a vantagem competitiva?

Se nossos colaboradores estão felizes, eles deixarão nossos clientes e consumidores felizes, que logo serão fidelizados. Com a fidelização há o aumento do incentivo e reconhecimento, e nossos funcionários seguem satisfeitos e visando cada vez mais o mesmo objetivo da organização.

Torna-se um ciclo, uma rotina aplicada naturalmente, e que traz como resultado o valor de sua organização cada vez mais inserido, seu colaborador considerando a empresa como a melhor no mercado e a mais preocupada com todas as equipes, e seus clientes felizes e gerando lucro para seu negócio.

Aplique o endomarketing de forma clara, e perceba que a resposta para o sucesso sempre será: pessoas!

Por: Yolanda Ignacio

Posts relacionados

Assine a Growthaholics

E receba as melhores dicas para a sua empresa crescer.